quinta-feira, 22 de junho de 2017

O início do solstício em Esmoriz

Apresentamos em seguida um pequeno vídeo sobre a nossa Praia de Esmoriz. As gravações decorreram durante o dia 22 de Junho de 2017.




video


Os belos rostos das dez candidatas a Miss Esmoriz 2017

No passado dia 17 de Junho, foram seleccionadas as dez finalistas do Primeiro Concurso que visará a eleição da Miss Esmoriz 2017, iniciativa que decorrerá a 15 de Julho no Pé N'Areia.
De acordo com o Site Juízo de Bancada e, através de informações reveladas pelas organizadoras Maribel Bastos e Susete Norte, estas serão as dez finalistas da competição:





1 - Bruna Castanheira




2 - Carolina Raposo




3 - Daniela Sousa





4 - Diva Martins 




5 - Jéssica Santos




6 - Joana Dias




7 - Liliana Barros




8 - Rita Estrelinha




9 - Rita Marques




10 - Susana Rocha

Processo "Ajuste Secreto" pode chegar a Ovar e a mais concelhos do distrito

Hermínio Loureiro e o seu sucessor à frente da Câmara de Oliveira de Azeméis, Isidro Figueiredo, são encarados pela Polícia Judiciária do Porto (PJ) como os principais arguidos da Operação Ajuste Secreto — apurou o Observador junto de fontes próximas do processo. Suspeitos de corrupção passiva, prevaricação, entre outros crimes de funcionário, Loureiro e Figueiredo são apontados pela PJ como os alegados autores de um esquema de manipulação de adjudicação de contratos públicos que terão beneficiados diversas empresas de construção de obras públicas.
Lançada esta manhã, a Operação Ajuste Secreto levou à detenção de Loureiro, Figueiredo, um funcionário camarário e de mais quatro empresários que estarão ligados às empresas de construção envolvidas no caso, sendo suspeitos de corrupção ativa.
A PJ já apreendeu 15 imóveis, seis viaturas e solicitou o congelamento judicial de um total de cerca de 6 milhões de euros depositados em diversas contas bancárias. Todos estes bens e valores poderão ter, na perspetiva da Judiciária, uma alegada origem ilícita relacionada com a investigação em curso. Daí a sua apreensão judicial.
Estão em causa a adjudicação de diversas obras relacionadas com clubes de futebol do concelho de Oliveira de Azeméis, nomeadamente com a União Desportiva Oliveirense (o principal clube do concelho), Atlético Clube de Cucujães e Futebol Clube Macieirense. Há mais dois clubes de futebol envolvidos.
De acordo com fontes da PJ, o esquema consistia numa alegada manipulação dos ajustes diretos que precediam as obras pagas pela autarquia.

  • As empresas de construção civil seriam escolhidas a dedo pelos responsáveis camarários, de forma a combinarem entre si os preços das propostas que apresentariam à autarquia;
  • O vencedor do ajuste direto (que, desde a criação do Código dos Contratos Públicos no Governo de José Sócrates, passou a assemelhar-se a uma consulta ao mercado através de convite dirigido a diversas empresas) ficaria determinado logo à cabeça pelas sociedades;
  • O preço final da obra era sempre claramente sobreavaliado, de forma a que os montantes remanescentes entre o custo real e aquilo que a autarquia pagava fosse alegadamente desviado.



A Diretoria do Norte da PJ anunciou no comunicado desta manhã que tinha realizado buscas judiciais em cinco autarquias. Ao que o Observador apurou, as autarquias de Matosinhos, Gondomar e Albergaria-a-Velha foram visitadas pelos magistrados do Ministério Público e pelos cerca de 90 inspetores da PJ que participaram nas diligências.
Contudo, os executivos dessas autarquias não são visados pela investigação em curso. As buscas realizadas tinham como objetivo a obtenção de documentação das empresas envolvidas nos ajustes diretos da Câmara de Oliveira Azeméis. Segundo fontes próximas do processo, os Executivos liderados por Hermínio Loureiro e Isidro Figueiredo são, para já, os únicos visados do inquérito que é tutelado pela secção de Santa Maria da Feira do DIAP de Aveiro, visto ser esta a comarca territorialmente competente.
Hermínio Loureiro, Isidro Figueiredo e os restantes detidos foram ouvidos esta tarde nas instalações da Diretoria do Norte da PJ e só amanhã deverão ser ouvidos pelo juiz de instrução criminal do Tribunal de Santa Maria da Feira para a fixação das primeiras medidas de coação. É desconhecido o estabelecimento prisional onde deverão passar a noite.
Ao que o Observador apurou, José Francisco Oliveira será o funcionário camarário detido. Trata-se de um aliado político de Hermínio Loureiro que é presidente da concelhia do PSD de Oliveira de Azeméis e secretário da distrital social-democrata de Aveiro.
Outro dos detidos será o empresário João Sá. É um ex-deputado do PSD que se dedicou aos negócios na área do Ambiente. Sá chegou a ser falado na década passada como candidato do PSD à Câmara da Trofa.



Notícia retirada do Site Observador
(Artigo da autoria de Luís Rosa)




O Processo "Ajuste Secreto" poderá vir a ser um terrível terramoto político no distrito de Aveiro. Estão em causa eventuais infracções cometidas em torno de concursos adjudicados por Ajuste Directo. Por outras palavras, o Ajuste Directo, adjudicação de obras a empresas por convite sem a realização prévia de concurso, embora eticamente pouco recomendável, é permitido por lei, contudo quando este se torna recorrente e envolve a troca de favores ou contrapartidas ilícitas (por ex: desvios de somas importantes) já assume proporções criminais.
É plausível que as buscas já realizadas em cinco autarquias possam não ficar por aqui. As autoridades querem apurar todas as ligações possíveis, e acredita-se que estas também deverão estender-se até Ovar e a outros concelhos, caso os promotores da investigação achem necessário. Recordamos para esse efeito que a empresa Paviazemeis, visada no processo, teve aqui obras importantes. Por exemplo, a recente pavimentação da Rua da Indústria em Esmoriz foi-lhe adjudicada, mas houve outras mais que lhe foram confiadas pelo município vareiro. Outras personalidades visadas estão fortemente conotadas com a Secção Distrital do PSD Aveiro, liderada desde 2016 pelo actual presidente do município de Ovar. Claro que estes dados não servem para provar (ou sequer indiciar) rigorosamente nada, mas podem ser suficientes para suscitar a atenção dos investigadores que estão dispostos a explorar a fundo todas as vertentes do caso, de forma a evitar um cenário de arquivamento ou de morosidade burocrática.
Embora as buscas nas edilidades tenham como o intuito apurar mais dados comprometedores das personalidades políticas e empresas de construção acusadas inicialmente, a verdade é que o processo poderá ter, em breve, mais arguidos, caso assim se justifique.
Uma fonte privilegiada adverte que Ovar poderá ser uma das autarquias a ser alvo de buscas muito em breve, visto que a investigação ainda está numa fase inicial, pelo que se pretende apurar todas as ramificações.
Com este texto, não queremos insinuar que teremos arguidos aqui em Ovar (e mesmo que estes venham a ser notificados, existe sempre a "presunção de inocência" num estado democrático), até porque é prematuro retirar esse tipo de conclusões e não temos o direito de julgar ninguém. Todavia, é provável que quase todo o distrito seja alvo de uma forte investigação judicial. 
O epicentro do terramoto registou-se em Oliveira de Azeméis mas as réplicas poderão repercutir-se por todo o distrito de Aveiro. 





Imagem nº 1 - O Ajuste Directo é o mais recente escândalo de corrupção que envolve altas figuras políticas do distrito de Aveiro. A "bomba" rebentou em Oliveira de Azeméis, mas a investigação já chegou a outras autarquias e pode não ficar por aqui.

Feirinha continua a animar a Praia de Esmoriz

A chegada do Verão não impede que a feirinha tradicional de velharias (não confundir com a recente criação da Grande Feira de Antiguidades que se realiza no Parque da Revenda) continue a animar às quintas-feiras a zona da Praia de Esmoriz, nas imediações da rotunda do monumento à Arte Xávega.
Estas fotos foram retiradas ao início da tarde quando a mobilização era ainda reduzida, mas por volta das 17 horas por ali passamos novamente, e já registávamos uma afluência bem mais aceitável. 
Para quem gosta de objectos repletos de nostalgia e história então não custa nada visitar esta feirinha. 


















O aquecimento global poderá sentenciar o fim da nossa orla costeira

De acordo com um estudo do Site VortexMag, 24 cidades portuguesas deverão desaparecer ou ficar com os domínios territoriais mais comprimidos até 2050 devido ao Aquecimento Global, fenómeno que se tem traduzido no derretimento das calotas polares e no subsequente aumento do nível do mar. 
A situação é alarmante visto que o degelo do Ártico está a avançar a um ritmo mais rápido do que aquilo que os cientistas julgavam inicialmente. O aumento das temperaturas nos próximos anos poderá provocar um elevar do nível dos águas até mais sete metros. 
Apresentamos de seguida os cenários mais temidos para os concelhos de Espinho e Ovar que infelizmente integram aquela lista apocalíptica de cidades que poderão sofrer bastante com a ameaça marítima. Os leitores poderão carregar em cima destas imagens para visualizarem melhor as projecções traçadas para 2050. 








terça-feira, 20 de junho de 2017

Quem já foi aqui petiscar?

Esmoriz pode até não ser muito conhecido pelos seus estabelecimentos de fast-food, mas há pelo menos uma parte da nossa cidade que se encontra e reencontra no Nicolau das Bifanas. Ali o povo conversa ao sabor de umas belas sandes e ainda tenta usufruir um pouco da maresia marítima. Sim, o estabelecimento localiza-se mesmo à frente da Capela da Praia, mesmo perto do mar. É já um lugar de peregrinação gastronómica para todos que desejam consolar o seu paladar.
Aquele estabelecimento, o qual muitos consideram o "Rei da Noite", faculta uma panóplia de ofertas ao cliente sempre fiéis ao mandamento de uma boa bifana. A simplicidade do lugar e do seu dono contrastam com o requinte do produto confeccionado. 
E quando juntamos um visionário da culinária, como é o senhor Nicolau, a um artista do desenho, Marco Joel, o resultado só poderia ser este:




Cartoon Magnífico da autoria de Marco Joel

Alunos do Agrupamento de Escolas de Esmoriz fizeram boa figura no Campeonato Regional de Badminton

No passado dia 2 e 3 de Junho, em Castelo Branco, os alunos do Agrupamento de Escolas de Esmoriz/ Ovar Norte – Daniel Pinto (ES Esmoriz), Bruno Silva (ES Esmoriz) e Luís Valente (EB Maceda), participaram no Campeonato Regional de Badminton, no âmbito do Desporto Escolar. O aluno Bruno Silva (10ºD), competindo no escalão de juvenis masculinos, foi eliminado na fase de grupos. Todavia, os alunos Daniel Pinto (9ºB) e Luís Valente, do escalão de iniciados masculinos, disputaram a fase de grupos, tendo-se apurado para as meias-finais e finais. A final deste escalão disputou-se entre os alunos deste agrupamento Daniel Pinto vs Luís Valente. Sagrou-se campeão do escalão de iniciados masculinos, o aluno Daniel Pinto (9ºB – ES Esmoriz), que fez uma belíssima prova durante todo a competição. 
Estes alunos, Daniel Pinto (ES Esmoriz – 1º lugar) e Luís Valente (EB Maceda – 2º lugar), ficaram automaticamente apurados para o Campeonato Nacional de Desporto Escolar – Badminton, a realizar entre os dias 28 de Junho a 1 de Julho, no Algarve.




Notícia e Foto retiradas da Página do Agrupamento de Escolas de Esmoriz - Ovar Norte

Já foram apuradas as 10 finalistas da Miss Esmoriz 2017

Já são conhecidas as 10 candidatas que irão disputar a final de 15 de Julho relativa à designação da Miss Esmoriz de 2017, cerimónia que terá lugar no estabelecimento do Pé N'Areia. As  finalistas terão entre 18 e 28 anos de idade e prometem fazer aquecer ainda mais a Praia de Esmoriz.
De acordo com o Juízo de Bancada, as seleccionadas foram as seguintes: Bruna Castanheira, Carolina Raposo, Daniela Sousa, Diva Martins, Jéssica Santos, Joana Dias, Liliana Barros, Rita Estrelinha, Rita Marques e Susana Rocha.




Resultado de imagem para top 10 miss praia

Salvador Malheiro promete cumprir mandato até ao fim e conquista apoio importante

No passado dia 17 de Junho, a Arena do Dolce Vita de Ovar foi o palco para a apresentação da candidatura de Salvador Malheiro a um segundo mandato. Mais de duas mil pessoas fizeram questão de estarem presentes para concederem o seu apoio ao edil, cujo favoritismo à reeleição é estrondoso. 
A apresentação contou ainda com um concerto de Miguel Gameiro que animaria todos os presentes. Várias pessoas do PSD nacional estiveram presentes, nomeadamente Marques Mendes. 
Quanto ao seu discurso, Salvador Malheiro recordou a obra feita, mas deixou uma garantia - quer cumprir o mandato até ao fim, evitando o cenário de saída no próximo sufrágio legislativo. Salvador Malheiro voltou a reunir o apoio de mais uma figura determinante - Manuel Oliveira, visto por muitos como o melhor presidente da Câmara Municipal de Ovar nos últimos 30 anos. O socialista será um trunfo de peso para credibilizar ainda mais a candidatura social-democrata.
A candidatura de Salvador Malheiro parece imparável, sempre com uma mensagem forte e uma proximidade ímpar para com o povo. 
Apesar de algumas lacunas do ponto de vista ético, a verdade é que muitos já antecipam uma vitória fácil do actual edil e sua equipa.
Na oposição, apenas o CDS-PP Ovar parece fazer alguma sombra e demonstrar um activismo capaz de propor alternativas ao actual modelo.





Imagem nº 1 - Salvador Malheiro contará com o apoio oficial de Manuel Oliveira, o seu antecessor no cargo de presidente da Câmara Municipal de Ovar.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Bombeiros de Esmoriz actuam num dos teatros de operações mais adversos

A pedido do CDOS de Aveiro foi accionado o VFCI-03 com 5 Bombeiros para Integrar GRIF de Aveiro para Incêndio Florestal em Gois concelho de Coimbra.
Tambem foi acionado o VCOT-2 Com o Comando 2 para incendio Florestal em ALVAIÁZERE concelho de Leiria

Informação avançada pelos Bombeiros Voluntários de Esmoriz no Facebook


Desejamos muita força e coragem aos nossos soldados da paz no combate a este fenómeno adverso sem memória que já causou 64 mortos. Apesar de não estarem a lidar directamente o fogo de Pedrógão Grande, os nossos bombeiros estarão sim a enfrentar outro incêndio bastante ameaçador que deflagrou em Góis - Coimbra.
Um bem-haja pelo vosso sacrifício.





domingo, 18 de junho de 2017

O fogo que veio do inferno

Pelo menos 62 pessoas morreram no incêndio que atinge Pedrógão Grande e outros dois concelhos do distrito de Leiria desde sábado, disse hoje o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes.

O balanço anterior era de 58 vítimas mortais.

"Sempre que venho ter connosco infelizmente trago um número que tem aumentado: temos 62 mortos sendo que dois deles são vitimas de um acidente rodoviário na mesma via", afirmou Jorge Gomes, em declarações aos jornalistas no local.


Sobre o incêndio, o secretário de Estado afirmou que se mantêm as quatro frentes ativas, duas delas a arder "com muita violência" e duas em que os bombeiros estão a conseguir ganhar terreno.

No entanto, Jorge Gomes alertou que as autoridades estão muito preocupadas porque se estão a levantar ventos cruzados, situação que se verificou no sábado e que terá estado na origem deste grande incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande.

Sabe o DN que, neste momento, a frente do monte da Graça é a que merece mais preocupação e que os ventos estão a dificultar o combate às chamas.

Questionado sobre as dificuldades sentidas no combate ao fogo, Jorge Gomes diz que estão a ser utilizados os meios que as circunstâncias permitem e, depois de os meios aéreos não terem podido atuar logo desde as 08:00 devido a uma cortina de fumo, um Canadair espanhol já está neste momento no local.

"Estamos a lutar, os nossos operacionais de excelência estão a lutar e vamos vencer esta luta", afirmou.

Sobre a área ardida, Jorge Gomes disse que já foi feita uma primeira vistoria mas uma análise mais minuciosa terá de esperar e acrescentou que no local estiveram membros da comissão parlamentar de Agricultura, que possui um grupo de trabalho para os incêndios, que vieram transmitir a sua solidariedade.

Três dias de luto nacional

O Governo decretou entretanto três dias de luto nacional. O Conselho de Ministros aprovou um decreto que declara luto nacional entre hoje e terça-feira, pelas vítimas do incêndio que deflagrou no Município de Pedrógão Grande e afetou vários concelhos.

Em comunicado, o Governo adianta que este decreto foi aprovado "fazendo uso da faculdade de deliberação eletrónica prevista nos termos do Regimento do Conselho de Ministros".

O decreto, lê-se no comunicado, "produz efeitos a partir do dia 18 de junho de 2017 [hoje] e entra imediatamente em vigor".

Ao início da tarde, o primeiro-ministro António Costa chegou a Pedrógão Grande, onde disse aos jornalistas que "chegará o momento de apurar o que é que aconteceu". "Sabíamos que era um dia de risco, houve mais de 56 incêndios, e este teve uma dimensão de tragédia humana de que não havia memória".

O primeiro-ministro explicou ainda que "a prioridade tem sido dada ao combate aos incêndios que ainda estão a lavrar, à identificação das vítimas, não só as que já foram encontradas como porventura as que ainda vamos encontrar, porque há zonas a que ainda não conseguimos ter acesso, e prever o que pode acontecer logo à tarde", referiu, acrescentando que são esperadas condições meteorológicas semelhantes às de sábado, dia em que o incêndio deflagrou.

Costa frisou ainda que já recebeu manifestações de solidariedade de todos os líderes políticos da Europa e que teve oportunidade de falar com todos os líderes partidários nacionais. "Quero sublinhar o grande sentido de unidade nacional com que o país está a enfrentar esta tragédia".

PJ no terreno

O cenário na zona onde lavra o incêndio é de um castanho queimado, constatou já esta manhã o repórter do DN no terreno. As chamas estiveram a 50 metros do centro de Pedrógão Grande.

A PJ está já a trabalhar no levantamento dos corpos; equipas no terreno estão a fazer deteção de cadáveres, dando depois informação à Polícia Judiciária, que os recolhe.

O diretor nacional da Polícia Judiciária revelou entretanto que o incêndio que deflagrou no sábado no concelho de Pedrógão Grande teve origem numa trovoada seca, afastando qualquer indício de origem criminosa. "A PJ, em perfeita articulação com a GNR, conseguiu determinar a origem do incêndio e tudo aponta muito claramente para que sejam causas naturais. Inclusivamente encontrámos a árvore que foi atingida por um raio", disse Almeida Rodrigues.

O Presidente da República suspendeu a agenda até terça-feira devido ao incêndio de Pedrógão, disse à agência Lusa fonte de Belém. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, tinha agendado para hoje a entrega do Prémio D. Diniz, da Fundação da Casa Mateus, ao escritor Mário Cláudio.





Imagem nº 1 - Um incêndio devastador em Pedrõgão Grande semeou a mortandade.
Direitos da Notícia - Diário de Notícias/LUSA
Artigo da autoria de Carlos Rodrigues Lima e Bárbara Cruz
Foto - Miguel Lopes/LUSA




Ninguém se recorda de um fogo tão infernal que tivesse provocado tantas vítimas mortais. Tudo começou com uma mera trovoada seca. Uma origem aparentemente acidental, mas que viria a ser fatal para várias famílias. Dizem algumas testemunhas que o "fogo até voa". Além das dezenas de mortos, muitos foram aqueles que ficaram sem casas, animais e propriedades. É um cenário desolador, e espero que o Estado Português proporcione os meios de apoio necessários no Âmbito da Protecção Civil e na esfera social e psicológica.
Discursos bonitos nestas horas negras todos são capazes de fazer, mas não quero ver estas famílias depois esquecidas e remetidas para a desgraça, como se sucedeu já noutros casos similares ocorridos no passado.
No entanto, hoje somos Portugal, pelo que enviamos as condolências aos familiares das vítimas!
Força Pedrógão! Força Portugal! Força bombeiros!

sexta-feira, 16 de junho de 2017

José Fangueiro presta agradecimentos com vídeo de homenagem à Tanoaria

"Presto uma homenagem a todos os que me ajudaram ,de longe e de perto a montar este projeto sobre a Tanoaria no concelho de Ovar e arredores. Fico por aqui, por momento. Um grande agradecimento aos Tanoeiros , as Tanoarias e ao meu amigo Guilherme Terra . As Fotos a cores , foram a série que participou no concurso da HPA e que ficou então pela Performance Awards da UNESCO 2017. Foram quatro anos de trabalho".

Escrevia assim José Fangueiro nas redes sociais. O fotógrafo recentemente agraciado pela distinção da Performance Awards da UNESCO devido a uma foto que publicara sobre a Tanoaria Esmorizense publicaria então o seguinte vídeo de homenagem e agradecimento a todos aqueles que apoiaram o seu trabalho. Trata-se da projecção de uma série de imagens sobre o labor naquele ramo tradicional.





Vídeo - "Tanoaria Portugal" de José Fangueiro

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Escola da Vinha celebrará encerramento de ano lectivo

23 de Junho vai ser FESTA a dobrar!!! 
Celebramos junto dos nossos filhos o encerramento de mais um Ano Lectivo e juntamos á festa os Festejos do São João!
Contamos com a presença das Famílias, dos Amigos, dos Vizinhos.


Comissão de Pais da Escola da Vinha





Novos Campeões Nacionais de Voleibol de Duplas ao Ar Livre

Os jovens atletas do Esmoriz Ginásio Clube Bruno Dias e Tomás Ferradaz sagraram-se campeões nacionais de Voleibol de Duplas ao Ar Livre. O triunfo foi alcançado neste passado Domingo em Marco de Canaveses. Inseridos nos escalões dos infantis, os atletas sairiam assim vencedores da competição, isto depois de já terem conquistado a prova regional então realizada no Parque da Cidade no Porto.
O Esmoriz Ginásio Clube continua assim a formar talentos.



...

Foto - EGC

Sporting Clube de Espinho vence Supertaça Distrital e sela dobradinha

Apesar da boa réplica do Sporting Clube de Esmoriz, o Sporting Clube de Espinho venceria a Supertaça Distrital de Aveiro, depois de triunfar nas grandes penalidades, após empate a um no período regulamentar. A partida realizou-se em terreno neutro, no Estádio Comendador Henrique Amorim em Santa Maria de Lamas. O Sporting Clube de Espinho entrou melhor e chegou primeiro ao marcador por Lima, mas o Sporting Clube de Esmoriz reagiria e chegaria à igualdade na segunda parte por Júlio Coronel.
Mais uma vez, o troféu seria decidido através da lotaria dos penaltis. Desta vez, a sorte sorriria à turma espinhense. Narciso Ratinho, técnico do Esmoriz, tinha decidido apostar tudo no desempate por grandes penalidades, ao colocar em campo o guarda-redes João Borges, abdicando de Ricardo Pinto. Contudo, esta escolha não daria os resultados desejados. Pedro Godinho, Batista e Fred desperdiçaram três grandes penalidades, colocando o Esmoriz em situação difícil. Do lado espinhense, Joel também não conseguiu desfeitear João Borges, mas Carlos Manuel, Rui Silva e Carlitos selaram o resultado final, e deram o triunfo aos Tigres, que celebram, assim, a “dobradinha”.
Esta foi uma época de sonho para o Sporting Clube de Espinho que venceu a I Divisão Distrital de Aveiro e a Supertaça Distrital de Aveiro. Também para o Sporting Clube de Esmoriz esta foi uma temporada muito positiva que culminaria com a vitória na Taça Distrital de Aveiro.
Para o ano há mais!




Imagem nº 1 - O Sporting Clube de Espinho levou a melhor sobre o Sporting Clube de Esmoriz, conquistando a Supertaça Distrital de Aveiro.
Foto - Associação de Futebol de Aveiro


quarta-feira, 14 de junho de 2017

Vídeo Magnífico sobre a Praia de Esmoriz e a Barrinha

O vídeo foi publicado na plataforma do Youtube em Dezembro de 2016. Em mais de sete minutos, são revelados, através de uma perspectiva aérea, os requintes paisagísticos que proliferam na zona à beira-mar da nossa cidade. 
A nossa praia e até a própria Barrinha de Esmoriz são tidas em especial consideração nesta projecção. O autor deste vídeo foi o uilizador Fljúga Maður, talvez um turista estrangeiro (com um nome alegadamente nórdico) que se rendeu ao encanto da nossa terra.
Vale a pena ver e rever.




Vídeo retirado do Youtube
Direitos - Fljúga Maður

O caso dos convites

O CDS-PP de Ovar acaba de denunciar que várias colectividades do concelho têm vindo a receber convites, endereçados por via-email ou suporte de papel, para que os seus representantes possam comparecer à cerimónia de recandidatura de Salvador Malheiro (esta realizar-se-à no dia 17 de Junho) a um segundo mandato na autarquia vareira. Os centristas falam mesmo em desrespeito pelos estatutos apartidários dessas associações e de um presumível "condicionamento de voto" nas próximas autárquicas.
Relembre-se que as associações foram, neste ano de 2017, alvo de um reforço recorde de investimento que terá superado mesmo o montante total de dois milhões de euros.
Neste capítulo, o CDS tem sido, uma vez mais, a força política mais preocupada com as questões de ética e transparência, voltando a colocar o dedo na ferida. No nosso entender, é este tipo de oposição que faz falta em Ovar, onde a perspicácia e o rigor devem estar bem presentes. Porque é necessário colocar alguns travões a certos tipos de procedimentos que não credibilizam a política, a qual deveria ser uma arte para fins públicos.
Efectivamente, as críticas agora levantadas pelos centristas fazem todo o sentido, porque na vida política deve haver limites. É que isto sem ética não tem grande utilidade para as comunidades.
Já não faltava a história rocambolesca dos votos das anteriores eleições distritais do PSD Aveiro ocorridas em inícios de 2016, como agora temos mais certos comportamentos eleitoralistas que não respeitam o bom senso e o cavalheirismo que deveriam nortear o saber-estar na política.
As instituições podem ter dirigentes que, a título individual ou pessoal, exercem o direito de conceder o seu apoio a qualquer lista, mas quando falamos de "personalidades colectivas" (associações), regidas por prerrogativas de isenção política, o respeito deve imperar, de forma a ser evitado qualquer aproveitamento político. 
É claro que este não é um caso de gravíssima dimensão, mas é mais um indício de que na política não há santos, mas sim muito tacticismo, por vezes, até incompreensível, já que quem encetou importantes obras no concelho (em abono da verdade, teve os seus méritos, pelo que é claramente favorito à reeleição), escusava de ver a sua equipa a recorrer a estes métodos menos saudáveis.




Resultado de imagem para fernando camelo almeida

Imagem nº 1 - O caso dos convites está a aquecer o debate político a nível local. O CDS-PP Ovar acusa o PSD de Salvador Malheiro de andar a convidar as colectividades para a cerimónia de recandidatura do edil.

Correio dos Comunicados Políticos - CDS-PP Ovar acusa executivo municipal de cativar colectividades com convites de teor propagandístico


Resultado de imagem para cds-pp



Na nossa equipa temos membros de diversas instituições e colectividades do Município e estamos a ser surpreendidos pelo envio, para as mesmas, de diversos convites para uma apresentação de (re)candidatura à Câmara Municipal de Ovar, indicando que seria uma grande honra contar "com todos os elementos das direcções, que se queiram juntar a nós neste momento memorável para o concelho de Ovar".
As instituições, as colectividades, as associações devem ser apartidárias, isentas e independentes de qualquer conotação partidária, pois não pertencem a uma qualquer direcção em concreto, pertencem a todos os associados, têm uma história, um passado, um presente e um futuro, que deve ser sempre honrado e respeitado.
No estilo que já nos vem caracterizando ao longo dos tempos, criticamos estes convites feitos directamente às direcções das instituições, colectividades e associações, que mais parecem técnicas reprováveis de condicionamento do voto. Não nos revemos neste estilo de política, não nos identificamos com a partidarização ou a politização de movimentos independentes, que têm que estar ao serviço da comunidade, como é o caso, e não ao sabor dos interesses de qualquer candidato político.
Ao invés deste convite, preferíamos que as instituições, as associações, as colectividades tivessem recebido muitos emails com pedidos, ao longo do ano, para visitas, para aferir as dificuldades diárias, para encontrar as soluções para resolver os problemas. Mas não, receberam antes um convite para uma apresentação de (re)candidatura à autarquia.
Naturalmente não podemos ignorar este facto, sendo nosso dever, como partido político que está ao serviço da comunidade, reagir a esta lamentável situação.


Ovar, 13 de Junho de 2017
O Presidente da Concelhia de Ovar do CDP-PP
Fernando Camelo Almeida



Resultado de imagem para fernando camelo almeida

terça-feira, 13 de junho de 2017

Nova edição da Barrinha International Cup está aí à porta


BARRINHA INTERNATIONAL CUP VAI TRAZER A ESMORIZ AS MAIS PRESTIGIADAS EQUIPAS DO FUTEBOL NACIONAL
(Notícia - Juízo de Bancada, artigo escrito por Emanuel Bandeira)



De 20 a 25 de junho, Esmoriz vai ser palco de mais uma edição da BARRINHA INTERNATINAL CUP (BIC), um torneio de futebol organizado pelo Sporting Clube de Esmoriz, que contará com as mais prestigiadas equipas do futebol nacional. Pelo Estádio da Barrinha passarão 25 clubes, 47 equipas de 5 escalões diferentes, e 720 atletas, entre os 7 e os 13 anos, de equipas como o Benfica, Porto – Dragon Force, Sporting Clube de Portugal, Sporting de Braga, Belenenses, Feirense, Boavista, Académica.
Além destes, a BIC conta ainda com participações internacionais de Espanha e França: para além dos espanhóis do Deportivo da Corunha, da cidade francesa de Draveil, a cidade-irmã de Esmoriz, virão também equipas para disputar a competição.
De clubes das proximidades, para além do Sporting Clube de Esmoriz, estarão ainda presentes o CD Furadouro, o FC Cortegaça, o CG Paramos e o Arada F.C.
De 20 de junho (terça) a 23 (sexta), os jogos decorrerão entre as 19h10 e as 22h25.
No sábado, 24 junho, os jogos têm horário marcado entre as 9h e as 20h.
No domingo, 25 de junho, de manhã, entre as 9h e as 15h disputam-se as meias finais. As finais vão decorrer entre as 15h e as 18h. Às 18h15 decorrerá a sessão de entrega dos prémios.



Sporting Clube de Esmoriz disputará agora a Supertaça Distrital

Apesar da sua primeira edição ter sido em 1991, a verdade é que a Supertaça Distrital de Aveiro só se afirmou a partir da temporada de 2006/2007. O Águeda é o clube que mais vezes venceu a prova, erguendo três vezes o troféu, sendo seguido pelo Sanjoanense que ali triunfou por duas vezes. Também equipas como o Pampilhosa, o Bustelo, o Lourosa, o Alba, o Estarreja e o Arouca venceram a prova, embora apenas por uma vez.
O troféu da Supertaça Distrital de Aveiro opõe frente a frente o vencedor da I Divisão Distrital de Aveiro (neste caso, o Sporting Clube de Espinho) e o conquistador da Taça Distrital de Aveiro (nesta temporada, o viria a ser o Sporting Clube de Esmoriz).
O Estádio Comendador Henrique Amorim, em Santa Maria de Lamas, será o palco da última disputa da presente temporada. De acordo com a AFA TV, o encontro da supertaça distrital está já agendado para a próxima quinta-feira (15 de junho) e tem início marcado para as 17 horas.
Assim sendo, SC Espinho e SC Esmoriz procuram a dobradinha (isto é, acumular dois títulos oficiais nesta temporada) e, mais do que isso, ambicionam somar um título que ainda não tiveram a oportunidade de juntar ao seu respectivo palmarés.



Resultado de imagem para sporting clube de esmoriz sporting clube de espinho

Imagem nº 1 - O Sporting Clube de Esmoriz está agora motivado e confiante que poderá também conquistar a Supertaça Distrital de Aveiro, título que também seria inédito no seu palmarés.
Foto - Juízo de Bancada

A festa chegou aos Paços do Concelho

Após a vitória na Taça Distrital de Aveiro, os jogadores, técnicos e dirigentes do Sporting Clube de Esmoriz foram recebidos nas escadarias da autarquia por Salvador Malheiro, Presidente da Câmara Municipal de Ovar.
O ambiente de festa perdurou por entre as paredes da edilidade, não faltando sorrisos e aplausos dirigidos aos novos heróis do concelho.




domingo, 11 de junho de 2017

Momento da Consagração - Uma Foto para a Eternidade

Foi assim o momento da consagração. Os novos heróis da cidade de Esmoriz receberam as respectivas medalhas e ergueram, bem alto, o troféu da Taça Distrital de Aveiro. Muitas crianças associaram-se também aos festejos.





Direitos da Foto - Sporting Clube de Esmoriz

O penalti decisivo que deu o título ao Sporting Clube de Esmoriz

Foi este o derradeiro penalti que confirmou a conquista da Taça Distrital de Aveiro por parte do Sporting Clube de Esmoriz. A festa depois tomou conta do relvado com os jogadores a abraçarem-se e da bancada afecta ao Sporting Clube de Esmoriz, onde se encontravam muitos sócios e simpatizantes.





Vídeo publicado por Henrique Araújo

Sporting Clube de Esmoriz regressa aos grandes títulos e escreve nova página dourada

O Sporting Clube de Esmoriz acaba de derrotar o GDSC Alvarenga através da marcação de grandes penalidades (6-5), e vence assim a Taça Distrital de Aveiro. No período regulamentar, o nulo imperou, traduzindo assim a raça e a entrega dos jogadores de ambas as equipas. Ainda assim, a partida teve alguns momentos mais mornos, o que é natural em duas equipas que estavam em final de temporada.
A decisão deste título ficaria assim remetida para o fatídico desempate por grandes penalidades, onde a eficácia, e por vezes, a sorte, são determinantes. O Sporting Clube de Esmoriz concretizou aí 6 penaltis contra 5 do Alvarenga.
Há a registar a presença de uma casa interessante. Uma lotação que terá andado à volta dos dois ou três mil espectadores (ambas as equipas fizeram chegar autocarros com os seus respectivos adeptos), embora o Estádio Municipal de Aveiro tivesse capacidade para trinta mil lugares.
A equipa da Barrinha conquista assim, pela primeira vez, a Taça Distrital de Aveiro, prova que já existia desde a temporada de 1988/1989. Em quase trinta anos de existência desta competição, o Sporting Clube de Esmoriz conseguiu finalmente inscrever o seu nome na lista de vencedores, quando já o poderia ter feito em 2013, quando perdera a final para o Águeda, vencedor das anteriores três edições da prova.
Felicitamos jogadores, dirigentes e adeptos por este feito prodigioso que decerto enriquecerá o palmarés do Sporting Clube de Esmoriz. A taça é um prémio justo para aquilo que a turma da Barrinha produziu ao longo da temporada.




Imagem nº 1 - Num jogo imprevisível até ao fim e sem golos no período regulamentar, o Sporting Clube de Esmoriz acabou, após o desempate por grandes penalidades, por erguer um troféu que já ansiava conquistar há trinta anos. 
Foto - Fernando Almeida

Ambiente de Festa Junto ao Estádio Municipal de Aveiro

Centenas de adeptos do Sporting Clube de Esmoriz já chegaram às imediações do Estádio Municipal de Aveiro, onde hoje pelas 17:30, a equipa da Barrinha disputa a final da Taça Distrital de Aveiro diante do Alvarenga. Em caso de vitória, será a primeira vez que a equipa esmorizense conquista este troféu.
Recorde-se que o Sporting Clube de Esmoriz terminou a I Divisão Distrital de Aveiro na 5ª posição com 64 pontos, enquanto o Alvarenga ficou-se pela 12ª posição com 41 pontos.
Já a Taça Distrital de Aveiro, competição que decorre em simultâneo, incorpora eliminatórias onde estão presentes equipas da I e II Divisões Distritais de Aveiro.
Para chegar à final, o Sporting Clube de Esmoriz teve de eliminar equipas como: o CCR Válega, o Carregosense, o Sporting Clube de Espinho, o Oliveira do Bairro e o Vista Alegre.
Por seu turno, o Alvarenga levou a melhor sobre o Avanca, o Macieira Cambra, o União de Lamas, o Milheiroense e o Paivense.
Daqui a momentos, irá rolar a bola no Estádio Municipal de Aveiro.




Imagem nº 1 - Adeptos do Sporting Clube de Esmoriz em ambiente de festa, uma hora antes do início da final da Taça Distrital de Aveiro.
Direitos do Vídeo - Sporting Clube de Esmoriz

Versos Cá da Terra XII


Realidade
(Poema da autoria de Isabel de Sá)


Por causa de um livro 
vieste ao meu encontro. 
Era Verão, não sabias de nada 
nem isso interessava. Palavras 
amavam-se fora de ti, 
no atropelo das emoções. 
Lá chegaria a primeira vez, 
o encontro apressado num lugar 
público. Desfeito o erro 
ao toque da pele, não sei 
se havia medo, a paixão queria-me 
no lugar exacto do teu coração. 
Palavras enrolam-se na sombra 
da vida a dor do sentimento. 


Atingido o espírito, o tempo 
da infância, a realidade. Em ti 
a solidão que o prazer 
não mata. Quero a beleza 
dos versos revelada. 
Alguns anos passaram sobre 
a nossa história que não acabou. 
A tarde envelhece e escrevo isto 
sem saber porquê. 


Isabel de Sá, in 'Erosão de Sentimentos'.
Poetisa nascida em Esmoriz no ano de 1951




Resultado de imagem para nostalgia

Imagem meramente ilustrativa retirada de:
 http://www.hierophant.com.br/arcano/posts/view/799689130175516/3985

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Bombeiros de Esmoriz salvam passarinho

Depois de no mês anterior terem salvado um cachorro que havia ficado bizarramente enclausurado numa conduta de águas pluviais na vila de Cortegaça, os nossos soldados da paz voltaram a revelar mais um gesto de compaixão pelos animais. Desta feita, no dia 14 de Maio, ao início da tarde, os bombeiros voluntários de Esmoriz foram alertados para a necessidade de um salvamento animal dentro da chaminé de uma habitação sita na Rua Mestra Florentina (Gondesende – Esmoriz). 
Conforme indicou uma fonte oficial da corporação, esta não foi uma operação fácil de resgate visto que o passarinho de estimação se achava entre a tubagem da chaminé e o exaustor. No entanto, a história conheceria um final feliz, com o passarinho a ser entregue à dona de habitação que assim ficaria aliviada com este desfecho.





Direitos da Foto - BVE

GPS participou em Caminhada Colorida

O GPS, Grupo para a Sociedade, participou na I Caminhada Colorida promovida pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Ovar, no passado dia 21 de Abril. 
O objectivo desta iniciativa incidia simbolicamente sobre o combate contra os maus tratos verificados na infância. 
A caminhada percorreu algumas das artérias da cidade de Ovar, com os jovens desfilantes a pintarem-se mutuamente e a nutrirem assim uma enorme onda de solidariedade por todas as crianças que, apesar de indefesas e vulneráveis, são por vezes vítimas de agressões provocadas pelos adultos.





Câmara Municipal de Ovar assegura que as águas do mar em Esmoriz estão em perfeitas condições

Foi através da sua página oficial do Facebook que, Salvador Malheiro, Presidente da Câmara Municipal de Ovar veio desdramatizar as queixas de alguns cidadãos que desconfiavam das descargas, inerentes ao desassoreamento da Barrinha de Esmoriz, directamente canalizadas para a faixa marítima da Praia do Cantinho.
De acordo com o edil, foram feitos testes na Praia da Barrinha, no âmbito da campanha da Bandeira Azul, os quais seriam positivos, reunindo as condições ideais para a ida a banhos.
No entanto, os testes não foram realizados directamente na Praia do Cantinho, onde o bater das ondas fazia repercutir tonalidades de cor negra, dada a proximidade dos tubos que para aí enviavam os detritos sujos provenientes da lagoa.
Ainda assim, a autarquia está confiante de que não há perigo nenhum, pelo que as pessoas poderão tomar banho em ambas as praias. Esta é a posição oficial do executivo vareiro.
Esta foi também a reacção a um vídeo muito recente da autoria de Miguel Brito, colocado nas redes sociais, o qual fazia menção ao estado pouco convidativo da Praia do Cantinho em Esmoriz, mesmo com a presença de veraneantes no areal. O mesmo mereceu mais de 35 mil visualizações.



terça-feira, 6 de junho de 2017

Grupo de Baladas Nostalgia assinala 10 anos de produtividade cultural

O Museu de Santa Maria de Lamas acolherá, no próximo dia 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, pelas 21:30h, um concerto do grupo Baladas Nostalgia. Passe um serão diferente e assista a interpretações de música portuguesa num espaço tão singular e acolhedor como é o Museu!
Entrada: adulto: 3 €, Seniores, estudantes, portadores de cartão-jovem: 2 €, gratuito para crianças com menos de 5 anos.
Para mais informações, contacte o Museu (22 744 74 68, 91 664 76 85 e geral@museudelamas.pt)


O Grupo de Baladas Nostalgia, embora sediado no concelho de Espinho, já actuou por algumas vezes na cidade de Esmoriz. Aliás, a ligação à nossa terra é evidente. Por exemplo, a guitarrista Maria Clara Martins Pinheiro actua na Orquestra dos Bandolins de Esmoriz. Por seu turno, o senhor Manuel Brito é residente na nossa terra. Já Artur Brito, cantor de fados e músicas tradicionais, sempre manteve um carinho especial pela localidade da tanoaria. O grupo dispõe agora de mais dois elementos, sendo assim cinco ao todo.
Não é todos os dias que se comemoram 10 anos de existência, pelo que felicitamos o grupo musical em questão, divulgando o evento celebrativo que terá lugar neste sábado. Compareçam!




Universidade Sénior de Esmoriz lançou exposição sobre os azulejos

A Universidade Sénior de Esmoriz, enquanto uma das entidades integrantes da "Acção Escola SOS Azulejo 2017", cuja iniciativa e coordenação advém do Museu da Polícia Judiciária, aliou-se à causa de combater a grave delapidação do património azulejar português que se verifica atualmente, de modo crescente e alarmante, por furto, vandalismo e incúria. 
No dia 19 de Maio, a Universidade Sénior de Esmoriz apresentou uma exposição de trabalhos, desenvolvidos nas disciplinas de Fotografia e História da Arte, e a qual esteve patente no átrio da Junta de Freguesia de Esmoriz. Os professores António Sá e Maria Júlia Marques contribuíram, juntamente com os restantes alunos seniores, para a dinamização deste empreendimento.
A exposição alberga imagens de azulejos presentes no município de Ovar, além de textos descritivos sobre a origem do azulejo (e a sua influência primitiva árabe), a expansão desta técnica, a presença do azulejo em Portugal e o seu surgimento, em particular, no concelho de Ovar. Neste último ponto, os alunos da Universidade Sénior de Esmoriz recordaram ao público presente que o azulejo começou a evidenciar destaque no nosso concelho durante os séculos XIX e XX, muito por influência dos emigrantes vareiros no Brasil que, regressados às suas terras de origem, optaram por imprimir um cunho de modernidade às suas moradias. 
Este intento cultural da Universidade Sénior de Esmoriz pretende essencialmente alertar o Atelier de Conservação e Restauro do Azulejo de Ovar para as questões de preservação dos azulejos no mencionado município, tendo em conta o valor daquela técnica artística, muito utilizada para decorar espaços públicos (como por exemplo: estações de caminhos de ferro, fontes, edifícios autárquicos) e para ainda aplicar, de forma sublime, um toque majestoso nas fachadas de muitas casas vareiras.




Artigo publicado na edição do Jornal A Voz de Esmoriz referente ao mês de Maio de 2017

Grupo de Teatro Renascer assinalou 25 anos e recordou legado de Álvaro Cristina Amaral

No passado dia 7 de Maio, o Grupo de Teatro Renascer assinalou 25 anos de existência, tendo realizado uma cerimónia solene na Escola do Campo Grande, espaço onde há 25 anos atrás, o Professor Álvaro Cristina Amaral havia promovido a criação daquela colectividade. Aliás, o objectivo desta iniciativa passaria por homenagear os 17 fundadores do Renascer, embora aquela individualidade tivesse merecido um maior reconhecimento, visto que seria descerrada, naquele estabelecimento escolar, uma placa de homenagem ao seu trabalho em prol do desenvolvimento da arte cénica em Esmoriz.
De acordo com o Site Juízo de Bancada, as cerimónias incluíram ainda algumas actuações de índole cultural. Dentro deste contexto, houve lugar para um concerto de fados de Coimbra proporcionado pelo Grupo Capas Negras, vislumbrou-se também a actuação do Grupo Coral de Esmoriz e, por fim, decorreria uma breve encenação por parte da Escola de Pequenos Actores do Renascer.
Visivelmente emocionado, o então Presidente do Renascer, João Gomes, agradeceu o apoio dos padrinhos do grupo (Aida e Virgílio Vasconcelos) e de todos os presentes, demonstrando orgulho pelo percurso seguido pela entidade teatral ao longo de um quarto de século de existência (1992-2017).
Por seu turno, Ramos Costa, representante da Federação Portuguesa de Teatro, recordou que o Renascer é uma das entidades fundadoras da Federação e que muito tem trabalhado para engrandecer os desígnios da Federação, além de fazer prosperar o teatro em Esmoriz e de o levar aos quatro cantos do país. 
A cerimónia contou com a presença de dezenas de cidadãos que aplaudiram a pujança cultural daquela colectividade esmorizense.




Imagem nº 1 - O Grupo de Teatro Renascer celebrou as Bodas de Prata, homenageando o Professor Álvaro Cristina Amaral através de uma placa de reconhecimento na Escola do Campo Grande.
Foto - Juízo de Bancada
Artigo Publicado na Edição do Jornal A Voz de Esmoriz referente ao mês de Maio de 2017

Espinho - homem detido por furto de... morangos

O caso é, no mínimo, revoltante. Um homem de 42 anos foi detido pelas autoridades quando furtava uma pequena quantidade de morangos avaliada em 2, 5 euros que estaria num terreno alheio em Espinho. Tudo terá acontecido na noite de 29 de Maio e o suspeito, apanhado em flagrante, recebeu imediatamente ordem de prisão.
O pequeno artigo que veio então publicado no Jornal de Notícias não adianta mais pormenores. Contudo, este é um país onde um desgraçado que tenta roubar para comer é detido, enquanto aqueles que fazem desaparecer milhões andam por aí de cabeça erguida como se nada fosse.
É tão fácil penalizar os mais pequenos, já os grandes... 
Somos um país forte com os fracos, e fraco com os fortes. E isto, parecendo que não, explica muita coisa!




Resultado de imagem para roubo morangos

Foto meramente exemplificativa
Retirada do Jornal Globo.com

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Parque do Buçaquinho assinalou Dia Mundial do Ambiente

Cerca de 500 crianças estiveram no Parque para assim desfrutar de um dia memorável em contacto com a Natureza. Não faltaram actividades lúdicas nem jogos para os mais pequenos.
Salvador Malheiro, Presidente da CM de Ovar, realçou que ""Nós não herdamos a Terra dos nossos Pais, apenas a pedimos emprestada aos nossos Filhos", recordando a importância de proteger o meio-ambiente no futuro para que as gerações futuras possam também usufruir dele.
Também os presidente de junta de Esmoriz, Cortegaça e Maceda estiveram no local.




Imagem nº 1 - O Dia Mundial do Ambiente comemora-se anualmente a 5 de Junho. O Parque Ambiental do Buçaquinho, sito entre Esmoriz e Cortegaça, não deixou passar despercebida esta data.
Foto - Câmara Municipal de Ovar


32 milhões para deitar fora?

"Governo compra sistema de defesa antiaérea no valor de 32 milhões de euros para equipar Exército. O Exército português vai comprar armas, radares e mísseis para defesa antiaérea num valor de 32 milhões de euros até 2026, prevê um despacho do ministro da Defesa, Azeredo Lopes".
Sapo 24

Em primeiro lugar, quero deixar bem claro que nada tenho contra o exército (aliás reconheço a sua utilidade!), apesar de considerar que alguns tipos de investimento são claramente desnecessários na área da defesa. Este é um deles. Portugal vive hoje (felizmente!) em dias de paz. Não tem nenhum inimigo, nem está envolvido em qualquer conflito ou tensão elevada com outra nação. 
Por isso, achamos que este investimento é desprovido de bom-senso. Se ninguém nos irá bombardear porque é que iremos gastar um montante exorbitante num sistema que não será útil para os interesses da nossa sociedade. 
São estas coisas que me custam a entender. Compra-se o que não é prioritário, e depois, negligenciam áreas mais sensíveis e nevrálgicas como a Saúde e a Educação.
Este é o Portugal dos últimos 30 anos. A não olhar para o que é verdadeiramente importante, deixando-se levar por fait-divers.




Foto - Sapo 24